quarta-feira, abril 26, 2006

Ir para a Página Principal

Qual é o problema da Clonagem?

Parece que na blogosfera há pouca gente a debater os pareceres do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV). Pois aqui vai o meu contributo para a discussão do Parecer da CNECV sobre clonagem humana (em documento PDF), a que cheguei através deste post no Conta Natura.

Antes de mais concordo com o Santiago quando diz que dificilmente o CNECV poderia ter ido mais longe, uma vez que não há um consenso alargado nesta matéria. Mas importa saber porque é que não há consenso nesta matéria. E também não é demais lembrar que a clonagem não é por enquanto tecnicamente possível, esta é uma discussão sobre potenciais problemas futuros. Na minha opinião o Parecer é, de facto, globalmente equilibrado. Veja-se por exemplo a prudência manifestada em relação às células estaminais, não deixando de incentivar a investigação nessa área (ponto 4). O ponto 3, a respeito do uso da clonagem para fins de investigação biomédica também é razoável, mas parece é que não houve consenso sobre o que é o produto de transferência nuclear somática. A mim parece-me que se um ovócito (ou "óvulo") recebe um núcleo diploide (quer isto dizer que tem tantos cromossomas como uma célula adulta) passa a ser um embrião. Ainda para mais tem o potencial, ainda que reduzido, para originar um ser adulto.

O que já não concordo é com o ponto 2: "Independentemente da viabilidade da clonagem com finalidade reprodutiva, esta deve ser proibida porque viola a dignidade humana". Porque é que a clonagem com finalidade reprodutiva viola a dignidade humana? A resposta do CNECV está no Relatório que acompanha o Parecer.

"Afirma-se então que a produção de um clone ameaçaria a identidade singular e irrepetível constitutiva de todo o novo ser humano e implicaria a sua instrumentalização, não só pelo processo mas sobretudo pela finalidade da sua produção, infringindo assim as principais regras por que o princípio da dignidade humana se especifica, respectivamente: a do respeito pela identidade do ser humano e a da sua não instrumentalização." (secção III, 1.2.1.1)

Lamento mas discordo, e curiosamente as razões porque discordo estão elas também expostas (pelo menos em larga medida) no próprio Relatório, quando são passados em revista os argumentos contra e favor (neste aspecto, como noutros, é muito interessante e sobretudo útil ler o relatório). Simplesmente não concordo que um ser humano por ser uma cópia genética de outro deixe de ter a sua própria individualidade. Basta pensar nos gémeos univetilinos (gémeos "verdadeiros") que são o exemplo mais perfeito de clones genéticos que a natureza nos dá. E atenção não estou de todo a usar o argumento do Naturalismo Moral, não é por algo ocorrer na natureza que o Homem o pode repetir, estou apenas a usar o exemplo dos gémeos para demonstrar que ser geneticamente idêntico não implica a perda da individualidade. Dois gémeos univitelinos não só são geneticamente como partilham uma série de factores ambientais: o mesmo útero, normalmente o mesmo ambiente familiar, social, económico, cultural e histórico, bem como toda uma série de experiências pessoais que influenciam a formação do indivíduo. Ainda assim são indivíduos diferentes, únicos, irrepetíveis. Sendo assim um clone de alguém, que é assim como um gémeo mas que nasce trinta anos mais tarde (ou mais, ou menos...) e que por isso partilha muito pouco do ambiente que partilham os verdadeiros gémeos, será naturalmente um indivíduo diferente daquele a partir do qual foi clonado.

Discordo da proibição pura e simples da clonagem com finalidade reprodutiva proposta pelo CNECV, porque não é a clonagem em si mesma que apresenta problemas éticos mas sim a intenção com que essa clonagem é feita. Quando o parecer refere, na citação acima, a "finalidade da sua produção", fala de um problema que se pode resolver com regulamentação e não com a proibição. A clonagem com finalidade reprodutiva pode ser a solução para o problema de alguns casais inférteis, e sendo essa a "finalidade" o uso da clonagem parece-me perfeitamente aceitável do ponto de vista ético.


Arquivado em:Ciência

1 Comments:

Blogger 文章 Escreveu...

餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 水晶 長灘島 長灘島旅遊 長灘島景點 長灘島必買 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 婚禮顧問

6:36 da manhã, julho 21, 2015  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home